Últimas Notícias

Santuário

Estado

Nacional

Procura por vacina contra febre amarela aumenta cerca de 100% em Fortaleza

Publicado em 26/01/2017 - às 13:06
Diante do surto de febre amarela em Minas Gerais, as secretarias da Saúde do Ceará e de Fortaleza emitiram orientações para profissionais e para a população sobre a doença.
A Secretaria Municipal da Saúde da capital está esclarecendo a população sobre a necessidade da vacinação nos casos em que a pessoa viajará para áreas endêmicas. Segundo a coordenadora de Imunizações, Vanessa Soldatelli, houve um aumento de cerca de 100% na procura pela vacina nos postos de saúde. Atualmente, 23 unidades dispõe das doses.
“Nós conseguimos manter a vacinação nesses postos, mas solicitamos que as pessoas se conscientizem de que a vacina deve ser aplicada apenas em pessoas que vão se expor ao risco da doença. Nossa preocupação é que toda a população procure pela imunização e que as doses que temos acabe.”
Segundo Vanessa, para aplicar a primeira dose, os profissionais dos postos pedem comprovantes de viagem para as áreas endêmicas. Nos casos em que as pessoas não possam comprovar, elas assinam um termo de responsabilidade. Para ter efeito, a primeira dose da vacina precisa ser aplicada dez dias antes da viagem.
A Secretaria da Saúde do Ceará emitiu nota técnica no último dia 23 alertando que os profissionais da saúde “se mantenham sensíveis na identificação precoce de casos suspeitos”. A febre amarela é uma doença de notificação compulsória e imediata por ser considerada grave e pelo risco de dispersão pelo país.
Na nota, a secretaria esclarece que todos os estados estão abastecidos com a vacina e que há estoque suficiente para atender as pessoas nas situações recomendadas. O Ceará não apresenta casos de febre amarela há, pelo menos, 17 anos.

 
Copyright © 2011 - 2016 Canindé On-line - Nosso Foco é Política
Grupo Canindé de Comunicação - GCCOM