Últimas Notícias

Santuário

Estado

Nacional

Plenário inicia Ordem do Dia da sessão que pode votar terceirização e trabalho temporário

Publicado em 22/03/2017 - às 14:02 -  'Agência Câmara Notícias'
Ordem do Dia do Plenário foi iniciada há pouco e os deputados podem começar a analisar do projeto que regulamenta a terceirização e o trabalho temporário no País.
A proposta estava na pauta de votações de ontem, mas acabou não sendo apreciada por conta da previsão de obstrução de partidos contrários à sua aprovação.
O texto em discussão é o substitutivo do Senado ao Projeto de Lei 4302/98, do Executivo.
O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, declarou que pretendia iniciar a votação às 11 horas e que só irá encerrar os trabalhos quando a votação for encerrada.
Requerimentos
Parlamentares contrários ao texto apresentam neste momento requerimentos com o objetivo de impedir a aprovação da proposta. O deputado Léo de Brito (PT-AC), logo no início da sessão, apresentou requerimento para que antes de analisar a matéria o Plenário fizesse a análise da mensagem 389/03, do ex-presidente Lula, no qual ele solicita à Câmara a retirada de pauta do Projeto de Lei 4302/98.
Ao rejeitar o requerimento, Maia disse que o pedido do presidente Lula é “inexistente a partir do momento que a matéria já foi votada pela Câmara. “O pedido é de 2003, o projeto já é da Casa e não do governo”, argumentou Maia.
Neste momento, os deputados votam pelo processo nominal um pedido de retirada de pauta.
Mais informações a seguir
Reportagem – Murilo Souza
Edição – Newton Araújo
 
Copyright © 2011 - 2016 Canindé On-line - Nosso Foco é Política
Grupo Canindé de Comunicação - GCCOM