Últimas Notícias

Santuário

Estado

Nacional

Morre aos 70 anos o Cordelista Gonzaga Vieira

Publicado em 16/04/2017

Faleceu na madruga deste domingo (16), no Hospital Regional São Francisco de Canindé, vítima de úlcera no estomago, o Cordelista José Maria Gonzaga Vieira (Gonzaga Vieira), 70 anos.

O corpo de Gonzaga Canindé, como gostava de ser chamado, está sendo velado na sede da Associação da Cultura de Canindé, ao lado da Policlínica, na Av. Francisco Cordeiro Campos, no bairro do Monte.

José Maria Gonzaga Vieira era radialista, cordelista, escritor, poeta popular e representante regional da Associação Cearense de Jornalistas do Interior ACEJI. Gonzaga já recebeu diversas homenagens, títulos, troféus, medalhas de honra ao mérito e também foi agraciado com o diploma de membro da Academia Canindeense de Letras, Arte e Memória. Seu principal trabalho como cordelista, do qual se orgulhava muito, era o cordel  "A Menina Perdida nas Matas do Amazonas".

De acordo com pessoas mais próximas a Gonzaga, ele vinha lutando contra uma enfermidade na próstata, inclusive já estava com uma cirurgia marcada para ser realizada nas próximas semanas em Fortaleza; porém, não foi esse o motivo de sua morte; de acordo com levantamentos feitos junto aos parentes de Gonzaga, ele passou mal na última sexta-feira (14), sendo socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento UPA 24 Horas e depois encaminhado ao Hospital São Francisco, onde veio a falecer por volta das 4 horas da madrugada deste domingo (16), e de acordo com laudo médico, vítima de complicações em úlcera no estômago, a qual já se encontrava em estágio bastante avançado.

O sepultamento de Gonzaga Vieira irá acontecer no Cemitério São Miguel, em Canindé,  às 16 horas deste domingo (16). 

Via Portal Canindé

 
Copyright © 2011 - 2016 Canindé On-line - Nosso Foco é Política
Grupo Canindé de Comunicação - GCCOM