Últimas Notícias

Santuário

Estado

Nacional

PPA: Região de Canindé aponta saúde e geração de emprego como prioridades

Publicado em 20/07/2017 às 22:30
Lideranças de seis municípios da região do Sertão de Canindé – que inclui também os municípios de Boa Viagem, Caridade, Itatira, Madalena e Paramoti – elegeram como prioridades regionais questões relacionadas à saúde e à geração de empregos durante a oficina de monitoramento participativo do Plano Plurianual (PPA) realizado nesta quinta-feira (dia 20) no Instituto Federal de Educação do Ceará (IFCE), no campus Canindé.

“Tivemos sérios problemas com questões de segurança até meados desse ano, mas com a vinda recente do grupamento militar Raio, a situação melhorou muito”, observou a prefeita de Canindé, Rosário Ximenes. “O que temos como prioridade agora é dinamizar o setor de turismo religioso no município, que chega a atrair mais de três milhões de devotos de São Francisco de Assis no mês de outubro.”

Segundo a prefeita Rosário Ximenes, já existe entendimento com o governo estadual para consolidar obras de acessibilidade nos “corredores religiosos” da cidade, que também tem com datas importantes o meses de maio e dezembro. “Próxima semana, juntamente com autoridades do Governo, estaremos visitando o estado de Santa Catarina para tentar atrair mais empregos na área de manufatura industrial”.


Na avaliação da Coordenadora da Regional de Saúde de Canindé, Vânia Cavalcante, uma questão que precisa ser discutida é a mortalidade materno-infantil. “Tivemos 21 óbitos no ano 2016 e nesse primeiro semestre já foram 17. A situação tende a melhorar com a inauguração de uma Policlínica, prevista para o mês de agosto, com 11 especialidades, mas queremos nesse encontro reforçar a atenção para essa questão”, afirmou.

“Outra questão que vamos ponderar durante essa oficina do PPA é a necessidade de qualificar profissionais de saúde nos municípios, para que a atenção básica a mães e crianças cheguem de modo mais efetivo”, acrescentou Vânia Cavalcante. Já para o líder comunitário Francisco Sérgio, questões como a cultura regional precisam de mais atenção. “Ninguém vive só para economia de modo estrito. Temos uma cultura rica nessa região e precisamos levar isso em conta”.
Antonia Antonieta da Silva, que lidera uma associação dedicadas às mulheres dos seis municípios da região de Canindé, por sua vez, deseja que o PPA apóie de melhor forma a produção e comercialização de produtos dos pequenos produtores. “Projetos como o Mandala (de hortifruticultura e criação de pequenos animais) ou barragens de enxurradas precisam de mais atenção e investimentos. Também é importante um selo social para os produtos de origem familiar”, concluiu.

Nesta sexta-feira (dia 21) técnicos do governo, lideranças comunitárias, representantes dos poderes públicos e a sociedade civil estarão reunidos na região de Itapipoca, a partir das 8 horas na Facedi – Uece, na avenida da Universidade, Bairro Madalena, em Itapipoca. Em discussão estará o Plano Plurianual 2016-2018 e a possível necessidade de revisão e ajustes para os próximos 18 meses. Semana que vem, as reuniões do PPA acontecerão em Acaraú, Sobral e Tianguá.

20.07.2017

Assessoria de Comunicação da Seplag
 
Copyright © 2011 - 2016 Canindé On-line - Nosso Foco é Política
Grupo Canindé de Comunicação - GCCOM