Últimas Notícias

Santuário

Estado

Nacional

Governo do Ceará lança CNH Popular Estudantil e beneficia 8 mil estudantes

Publicado em 07/12/2017 às 18:00
Completar 18 anos e tirar a Carteira Nacional de Trânsito (CNH) é um dos principais desejos do início da vida adulta. O valor do investimento, porém, não é tão acessível. Procurando atender a essa demanda, o Governo do Ceará vai contemplar alunos da rede estadual com 8 mil habilitações. Gratuito, o documento vai beneficiar estudantes com 18 anos a partir do 3º ano do Ensino Médio. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana no Palácio da Abolição, nesta quinta-feira (7), na presença de alunos de 14 escolas estaduais da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A ação é uma parceria entre a Secretaria da Educação (Seduc) e o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE).
De acordo com Camilo Santana, serão, inicialmente, ofertados 8 mil documentos para os estudantes de 18 anos que concluíram o Ensino Médio em 2016 e os que estão finalizando o nível de ensino neste 2017. “Muitas vezes, o mercado de trabalho exige a carteira de habilitação, e pra tirar é caro, são quase dois mil reais. E outro objetivo da ação é estimular que os alunos tenham o melhor resultado escolar”, disse o governador. O investimento inicial, continuou o chefe do Executivo, é da ordem de R$ 12 milhões.
Em seu discurso, o governador também citou outras ações estaduais que fomentam a educação de jovens cearenses, como o Programa Avance – Bolsa Universitário, que, por meio de auxílio financeiro, dá condições de acesso à universidade de estudantes egressos da rede pública cearenses; e da criação de Centros de Línguas Estrangeiras descentralizados pelas regiões do Estado. A rede de Escolas de Ensino Profissional Integral também foi citada pelo gestor como a maior do País.

CNH Popular Estudantil

O titular da Seduc, Idilvan Alencar, enfatizou que serão beneficiados com a CNH Popular Estudantil alunos que tiverem uma frequência igual ou superior a 80% e um rendimento escolar positivo – calculado por média aritmética simples das médias finais de cada componente curricular da Base Nacional Comum. “Toda escola dos estado do Ceará vai ser beneficiada. Fizemos uma proporção: se uma escola tem 1000 alunos, o número de documentos direcionados para ela será maior do que uma escola que tem 500 estudantes”, calculou o secretário. Unidades de Educação para Jovens e Adultos (EJA) também serão contempladas com o benefício.
Segundo o superintendente do Detran-CE, Igor Ponte, os selecionados poderão escolher entre as categorias A (motocicleta, ciclomotor) e B (automóvel, caminhonete, camioneta). “Assim, a gente consegue que aumente a oportunidade de emprego para os jovens beneficiados”, concluiu o gestor. Os selecionados pela Seduc, por meio de edital que será lançado ainda nesta semana, deverão realizar cadastro no site do Detran-CE e comprovar que são maiores de 18 anos.

Economia

A estudante Vitória Ellen, aluna da Escola de Ensino Médio Paróquia da Paz, em Fortaleza, disse que pediu aos pais a carteira de habilitação como presente de aniversário de 18 anos. Ela conta que, devido ao custo, não seria possível. “Muitos alunos têm 18 anos e não têm condições de tirar a habilitação, e o Governo (do Ceará) está fazendo um ótimo projeto, porque a gente vai ter (o documento) sem tirar nada do nosso bolso”, sorriu.
Representando os alunos presentes, a estudante Giovana Pinheiro, da Escola de Ensino Médio Padre Coriolano, de Pacajus, subiu ao palco e agradeceu o governador pela iniciativa. “O sonho de todo jovem é completar 18 anos e tirar a carteira de habilitação. Obrigada pelo presente, governador. Minha ficha está caindo hoje. Eu só tenho a agradecer”, disse.

Visita a Brasília

Durante o evento, o governador Camilo Santana também comentou sobre a agenda em Brasília na última quarta-feira (6). O chefe do Executivo se reuniu com o ministro Helder Barbalho para tratar das obras da Transposição do São Francisco. “Houve um acordo com a construtora para trabalhar os três turnos, visto que a obra está com um mês de atraso”, afirmou. “Também dialoguei para garantir os recursos para o Cinturão das Águas do Ceará. Houve um corte (financeiro) por parte da União, mas há um compromisso de o Governo Federal devolver esse dinheiro, da ordem de 80 milhões, para concluírem as obras”.
O chefe do Executivo disse, ainda, que também foi pauta a Transnordestina – obra ferroviária para ligar o Porto de Pecém, no Ceará, ao Porto de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí.
Caio Faheina - Repórter 
Carlos Gibaja e Marcos Studart - Fotógrafos 
 
Copyright © 2011 - 2016 Canindé On-line - Nosso Foco é Política
Grupo Canindé de Comunicação - GCCOM